Leiam com Atenção

Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra, não hospedamos nenhum CD ou programas que seja de distribuição ilegal. - Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador. - Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apaga-ló ou compra-ló após 24 horas. - A aquisição desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário.- Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha baixar e para que irá utiliza-lós.

OBSERVAÇÃO: De acordo com o Art.184 do código penal, disponibilizar e baixar arquivos na internet não é crime de pirataria, pois não consiste em obtenção de lucros. A pirataria so é consumada quando o dono do site/blog ou pessoa que baixou estiver obtendo lucro sobre a obra protegida por direitos autorais sem a autorização do autor.


terça-feira, 19 de janeiro de 2010

MILTON CARLOS - Biografia e Discografia

Cantor. Compositor.

Irmão da compositora Isolda e seu grande parceiro musical. Começou a interessar-se pela música, ainda criança, fazendo estórias e músicas para teatrinhos de bonecos com a irmã.

Faleceu em 1977, num acidente de carro na via Anhanguera, em São Paulo. Sua morte provocou grande repercussão na imprensa, especialmente na mídia paulista.

Atuou com a irmã, Isolda, como backing vocal.

Gravou seu primeiro disco em 1970, tendo como destaque as músicas "Desta vez te perdi", "Tudo parou", "Eu vou caminhar" e "Um presente para ela", parcerias com Isolda.

Em 1973, gravou "Samba quadrado" e "Você precisa saber das coisas", também parcerias com a irmã. Nesse mesmo ano, teve a primeira de suas composições gravadas por Roberto Carlos, "Amigos, amigos".

Dois anos depois, lançou novo LP que trazia algumas de sua composições com Isolda, entre as quais, "Amanhã é outro dia", "Foi ela um tema de amor", "Eu juro que te morreria minha" e "Tele-rodovia".

Em 1976, Roberto Carlos emplacaria dois grandes sucessos de Milton Carlos e Isolda: "Pelo avesso" e "Um jeito estúpido de te amar".

Nesse ano, o quarto LP de Milton Carlos foi lançado, trazendo novas composições suas com Isolda, como "Uma valsa, por favor" e "Último samba-canção".

Seu último LP foi lançado em 1977, com novas parcerias com a irmã, tais como "Enredo", "Ana Cláudia", "Maria de tal" e "Saudade do Bexiga". Quando faleceu, fazia grande sucesso nas rádios com a regravação da marchinha "Dorinha meu amor", de J. Francisco de Freitas.

obra musical

Amanhã é outro dia (c/ Isolda) Ana Cláudia (c/ Isolda) Desta vez te perdi (c/ Isolda) Enredo (c/ Isolda) Eu juro que te morreria minha (c/ Isolda) Eu vou caminhar (c/ Isolda) Foi ela um tema de amor (c/ Isolda) Maria de tal (c/ Isolda) Pelo avesso (c/ Isolda) Samba quadrado (c/ Isolda) Saudade do Bexiga (c/ Isolda) Tele-rodovia (c/ Isolda) Tudo parou (c/ Isolda) Último samba-canção (c/ Isolda) Um jeito estúpido de te amar (c/ Isolda) Um presente para ela (c/ Isolda) Uma valsa, por favor (c/ Isolda) Você precisa saber das coisas (c/ Isolda)

Discografia Oficial:

1970-Milton Carlos

1973-Milton Carlos

1975-Milton Carlos

1977-Milton Carlos

Albuns para downloads:

Milton Carlos - Samba Quadrado [1975]




Faixas:
01. Memórias Do Café Nice
02. Eu Juro Que Te Morreria Minha
03. Piston De Gafieira
04. É Mais De Meia Noite
05. Jogo De Damas
06. Amanhã É Outro Dia (Participação Especial De Isolda)
07. Contrasenso
08. Se Alguém Telefonar
09. Irônica
10. Amanheci Chorando Por Você
11. Foi Ela Um Tema De Amor
12. Samba Quadrado


Milton Carlos - Largo Do Boticário [1976]



Faixas:
01. Largo Do Boticário
02. Da Janela
03. Me Mata
04. Alguém Me Disse
05. Hora Do Jantar
06. Elas Por Elas
07. Dorinha Meu Amor
08. Último Samba Canção
09. Uma Valsa, Por Favor
10. Vexame
11. Zé Biriba

Milton Carlos - Inédito [1978]



Faixas:
01. Eu E Companhia
02. Saudade Do Bexiga (Ao Amigo Adoniran Barbosa)
03. Entre Seis Milhões De Pessoas
04. Ana Cláudia
05. Amigos, Amigos
06. Jogo De Damas
07. Dados Biográficos
08. Maria De Tal
09. Feira De Artesanato
10. Enredo
11. Elas Por Elas
12. Samba Quadrado

http://rapidshare.com/files/109053566/-_Milton_Carlos_In_dito__1978_.zip

10 comentários:

  1. EU TINHA 23 ANOS EM 1973. SEMPRE GOSTEI DE MUSICA E SEMPRE QUIS SER UM CANTOR PROFISSIONAL. ACOMPANHAVA OS PROGRAMAS MUSICAIS DA TELEVISÃO DA ÉPOCA. O MILTON CARLOS APARECIA BEM NO PROGRAMA DO FLÁVIO CAVALCANTI. COSTUMAVA LANÇAR MUSICAS LÁ. O FLAVIO PARECIA GOSTAR MUITO DÊLE.
    HOJE FAZ PARTE DO MEU REPERTÓRIO - SAMBA QUADRADO-QUE FOI LANÇADO NO PROGRAMA DO FLÁVIO CAVALCANTE. SAUDADES. EUGENIO ZACK.

    ResponderExcluir
  2. Em 1971, ano em que nasci, milton carlos já era sucesso nas rádios de todo o brasil. Eu só conheci a música dele já na década de 80, desde então passei a pesquisar, gravar e ouvi milton carlos! tenho dito sempre, a geração dos anos 60,70 e 80 é imbatível e milton carlos é inesquecível!

    ResponderExcluir
  3. ( Isso é um desabafo )
    Meu nome é Rossani tenho vinte e seis anos, e nascí em 1984.
    Mesmo sendo nova conheço muito bem o Trabalho de Miltom Crlos, pois minha Mãe trabalhara na época com outro cantor de Sucesso,o Nilton César, e através das influências conheceu Milton Carlos e se tornaram grandes amigos... Muito amigos mesmo!!!
    Infelismente depois de sua trágica morte, algumas coisas ficaram nas entre-linhas, e se perderam... Esse querido então veio a perder o que seria o maior crédito que poderia ter ( em memoriam )como grande compositor que era; referênte a umas das canções mais belas do país, e mais executadas, a qual minha mãe teve o prazer de presenciar sua composição. Nós... que pena... não podemos fazer e nem devemos mexer nisso... e Por fim nos Basta saber, recordar, e mesmo incormormadas, pensar nele "outra Vez"!!!

    ResponderExcluir
  4. Milton Carlos INDESCRITÍVEL...realmente eu lamento... não estar mais entre nós alguém tão genuinamente maravilhoso.
    e como faço pra adquirir esses discos desse Fênomeno da musica popular brasileira?,Aqui em Manaus isso é quase que impossível...

    ResponderExcluir
  5. Também sou de 1984 e não tive influência direta de ninguém,na verdade nem sei como ouvi o Milton pela primeira vez,mas no momento em que o seu som me penetrou,passei a ser fã,e,aqui estou com 27 anos,pesquisando sobre sua vida e obra!ele foi genial,triste estou de não ter tido o privilégio de viver essa época.

    ResponderExcluir
  6. QUANDO ELE MORREU EU TINHA 15 ANOS, ADORAVA OUVI-LO MAS DEPOIS ESQUECI, OUTRO DIA INDO PARA FAZENDA NOVA AQUI EM PE. LEMBREI DE UM TRECHO DA MUSICA "CAFÉ NICE" E AGORA ESTOU AQUI PESQUISANDO E BAIXANDO SUAS MUSICAS. OBRIGADA POR DIPONIBILIZA-LAS.

    ResponderExcluir
  7. Curto Milton Carlos desde Samba Quadrado, não tinha o 3º álbum. Fico feliz por vocês e agradeço pela disponibilização deste álbum. Sempre estou ouvindo e a música que mais amo na interpretação dEle é CONTRASENSO (obra prima).

    ResponderExcluir
  8. Lembro bem da morte estúpida do Milton, no auge da carreira. Eu tinha 17 anos, e vinha acompanhando seus sucessos desde "Samba Quadrado". É isso aí. Os homens se vão, mas suas obras ficam.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tem como postar os 02 últimos discos, por favor? Obgd.

    ResponderExcluir
  10. Quando da morte de Milton Carlos,em 1977 eu era bem jovem mas aprendi a adorar as canções desse fabuloso compositor!!!Que obra fantástica deixou com apenas 21 anos!
    Fátima Magalhães

    ResponderExcluir